dable>

Últimas postagens

Tradutor

Slave to love.....



Formatura das primocas Carla e Márcia

Netinho ralou muuuuuuuuuiiiiiiiiiiiiiitttttttttttttttoooooooooooooo no ASAI
Parabéns finalmente agora é Gerente kkkk



Este livro é show!!!!
Ideal para quem tem que conviver com doidos diariamente como eu !



Lipe Saudades!!!!

Rômulo Titia te ama!!!!


Bem a última vez que tive por aqui foi em 09/11/2008.




Por diversos motivos dei uma pausa...



Bem 11/11/2008 uma data triste , há dois anos perdi um ser amado e ainda não me recuperei de tanta saudade. Meu lipe, meu sobrinho , saudades; A tia não aguentou e chorou.



Mas no outro dia dia de alegria 12/11 foi o Níver de meu outro sobrinho Rômulo, parabéns meu gatão!!!



Nossa esse mês foi muito tumultuado, recebi tanta energia ruim kkkkkk


Acreditem até carta anônima envolvendo-me afê!!!!

Estou louca para comprar o Livro "Mentes Perigosas", só assim eu entendo aquela gente hauhauauhauhauauhauhauauhauhuhauhua

No mais, tenho tido muita resposta das coisas que estou plantando em minha vidinha.


De medíocre e sem graça, agora está cheia de realizações.




É a lei da atração e ela funciona mesmo!







Só falta uma coisa mas esta coisa é enorme kkkkk







E tenho que trabalhar em mim a paciência, pois não é tão fácil resolver assim.
Coisas importantes:










  1. Revi um grande colega Ju.



  2. Muitos nascimentos e muitas grávidas!



  3. Pós Graduação



  4. Férias em Março 2009



  5. Academia



  6. Repaginada!



  7. Consegui ficar mais de 10 dias sem Net kkk



  8. Balançei a árvore de amigos e agora , vc está fora de vez!



  9. Saudades do Macho véi! Eita bandido pra eu amar kkkk



  10. I speak English! rsrsrsrs



  11. Estou mais magra, embora ninguém me parabenize! Afinal quando a gente tá gorda todo mundo aponta na rua, mas se está linda...incomoda...



Voltarei em breve com sugestões, pensamentos e meus infinitos desabafos....



um cheiro!!!






















Escreve!

Estou esperando seu comentário ou email.































































































"A FEROZ URGÊNCIA DO AGORA"

















«Anunciei que disputaria a eleição por conta daquilo que Martin Luther King
definiu como 'a feroz urgência do agora'. O momento é agora. Não quero passar os
próximos 4, 8 ou 12 anos assistindo às mesmas discussões, travadas da mesma
maneira e com a mesma falta de resultados. Não quero opôr os conservadores aos
liberais, quero liderar os Estados Unidos da América...(...)Em cada momento
histórico surgiu uma geração capaz de se erguer e imaginar algo de melhor para
este país, uma geração disposta a lutar e a se sacrificar pelas próximas
gerações. Agora chegou a nossa vez de lutar.Foi por isso que decidi disputar a
candidatura. Não só porque eu tenho confiança na minha capacidade de liderar o
país, mas porque tenho confiança em vocês...(...)Confio em que vocês sintam nos
vossos corações a necessidade de agir de um modo melhor. Prometo-vos que se
decidirem unir a mim, eu garanto: não só venceremos uma eleição mas mudaremos a
face deste país.»





Barack Obama




Barack Obama é eleito o primeiro presidente negro dos EUA


Quarta-feira, dia 05 de Novembro de 2008 às 09:10hs

Tannen Maury/EFE

O senador pelo Illinois, Barack Obama, fez na madrugada desta quarta-feira o
discurso como vencedor na corrida pela presidência dos EUA. Aos 47 anos, Obama,
filho de um queniano e uma americana, é o primeiro negro a ocupar o mais alto
posto do governo dos EUA.Obama começou o discurso dizendo que se "alguém ainda
duvida que alguma coisa é possível para os EUA, hoje veio sua resposta. É a
resposta que veio das escolas e igrejas, de pessoas que ficaram de três a quatro
horas em filas, muitos pela primeira vez", em referência aos eleitores que
votaram nesta terça.Ele falou sobre as vozes que fizeram a diferença, "brancos,
negros, hispânicos, gays, héteros. A América manda uma mensagem para o mundo que
não é uma coleção de indivíduos, mas sim os Estado Unidos da América"."Essa é a
resposta para aquelas que tinham dúvidas, e eram cínicas acerca do que
poderíamos alcançar na esperança de dias melhores (...). Hoje, pelo que fizemos
nesta eleição, a mudança virá para a América", disse Obama.O novo presidente
americano disse que recebeu um telefonema "extraordinariamente gentil" do
candidato derrotado à Casa Branca, o republicano John McCain. "Ele (McCain)
lutou pelo país que ama. Fez sacrifícios pela América, foi bravo e bondoso",
disse Obama, ao afirmar que vai pedir o apoio do senador pelo Arizona e sua
candidata a vice, a governadora do Alasca, Sarah Palin "para trabalhar pelo o
que há de vir".Ele agradeceu ao seu vice, senador Joe Biden. "Quero agradecer ao
homem que fez campanha com o coração"Obama também mencionou sua mulher Michelle.
"Eu não estaria aqui sem o apoio da minha melhor amiga nos últimos 16 anos, o
amor de minha vida e a próxima primeira-dama dos EUA".O democrata agradeceu a
equipe de campanha, em especial aos coordenador, David Plouffe, "o herói
desconhecido da campanha". "Vocês fizeram isso acontecer e agradeço pelo que
sacrificaram", disse à equipe."Sei que não fizeram isso por mim, mas sim porque
entendem o que vem à frente. Celebramos hoje, mas sabemos dos desafios e da pior
crise financeira do século. Sabemos dos americanos nas montanhas do Afeganistão,
no deserto do Iraque e das preocupações dos seus pais aqui", disse.Obama afirmou
que sabe que terá que gerar "novos empregos, novas escolhas e que a estrada será
longa, a subia será íngreme, mas vamos chegar lá". "Sim podemos", dizia o
público ao repetir um dos bordões da campanha.O primeiro presidente negro dos
EUA disse que "o que começou há 21 meses não pode acabar nesta noite". "Sabemos
que governo não pode resolver todos os problemas. Estaremos aos seu lado,
especialmente quando discordarmos de algo", afirmou."Essa é a nossa chance de
fazer a mudança, não podemos deixar as coisas do jeito que estavam(...) Temos
que somar o espírito de patriotismo, lembrar do que essa crise nos ensinou e,
acabar com a imaturidade que envenenou nossa política por tanto tempo", disse.Ao
fim do discurso ele falou sobre uma senhora de 106 que "nasceu uma geração
depois da escravatura. Que viu que gente como ela não podia votar, porque ela é
mulher e pela cor de sua pele". "Chegamos tão longe, vimos tanto e ainda há
muito por ser feito", finalizou.Um milhãoCerca de um milhão de pessoas
acompanharam dentro e fora do Grant Park, em Chicago, a festa da vitória de
Obama. Um marco para a comunidade negra dos EUA, o evento teve a presença de
personalidades afro-descendentes como o reverendo Al Sharpton e a apresentadora
Oprah Winfrey.Um dos momentos marcantes aconteceu antes do discurso, quando o
reverendo Jesse Jackson foi às lágrimas com a notícia da vitória de Obama. Em
entrevista à rede americana CNN, a filha de Martin Luther king, a reverenda
Bernice King disse esse é um novo "amanhecer na América".TrajetóriaNascido em 4
de agosto de 1961 no Estado do Havaí, o senador pelo Illinois Barack Obama é
filho de pai queniano e mãe afro-americana, nascida no interior do Estado do
Kansas.Seus avôs paternos eram empregados domésticos de colonizadores britânicos
que viviam no Quênia. Seu pai, também batizado como Barack Obama, estudou e
conseguiu conquistar uma bolsa para estudar nos EUA, na Universidade do
Hawaii.Já os pais de sua mãe, Ana Dunham, conseguiram estudar e comprar uma casa
graças à ajuda de programas governamentais oferecidos pelo Estado. Seu pai
trabalhou em prospecção de petróleo até a crise de 29, depois se alistou no
exército norte-americano e lutou durante a Segunda Guerra Mundial. Sua mãe
trabalhou em uma indústria bélica, que fornecia material para o exército.Por
conta disso, os pais de Ana Dunham puderam proporcionar estudo à filha na
Universidade do Havaí. Lá, Barack Obama e Ana Dunham se conheceram.Fruto do
relacionamento dos estudantes nasceu, no Havaí, o menino Barack Obama.O senador
pelo Illinois foi criado apenas pela sua mãe e seus avôs maternos, pois seu pai
retornou ao Quênia. Obama viveu durante um período na Indonésia, na Oceania.Em
1983, já em New York, Barack Obama iniciou seus estudos em Direito pela
Universidade de Columbia. Em 1985, se mudou para Chicago, onde começou a
trabalhar em prol dos cidadãos marginalizados. Voltou aos estudos e, em 1991,
concluiu mais uma etapa acadêmica também em Direito pela Universidade de
Harvard. Ele foi o primeiro presidente da Harvard Law Review, uma revista de
Direito editada pela universidade.De volta a Chicago, o advogado Barack Obama
atuou em favor dos direitos humanos, além de ministrar aulas de direito
constitucional. Isto o levou a concorrer à vaga no Senado pelo Estado do
Illinois, em 1996. Ele exerceu o cargo de parlamentar por oito anos, ficando até
2004.Obama é o terceiro senador negro da História dos Estados Unidos pós-29 e o
primeiro candidato negro à Casa Branca.Redação Terra


Gosto do Barack, seu sorriso é encantador e verdadeiro.




Este momento histório é antes de mais nada a certeza de que a forma de pensar do mundo está mudando.




Um negro, Jovem, simpático e destemido.




Acho que este Sr. mereceu!!!





Solange do Aviões me mandou um beijinho ai q amor!

01/11/2008



Nada melhor do quer receber beijinhos da Solanja!
Te amo frô!
http://portalforrozaosoldealmeida.blogspot.com/2008/10/nunca-diga-nada-impossivel.html

Google+ Followers

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo