Inscreva-se! Basta um clique!

Translate

Paixão pela narração de Miguel Falabela


  Quem foi mesmo que disse que ser mãe é padecer no paraíso? Ser mãe é muito mais difícil!

É assistir seu filho transforma-se  em  um ser humano cheio de vontades e não poder fazer nada para impedir!   Porque se você não permitir que seus filhos faça suas próprias escolhas vai acabar tendo um animal de estimação dentro de casa . E as vezes minha cara amiga, o bicho é bravo!

Cena 14/11 - Grace Kelly é dura com Deusa, 

Esta foi uma de suas narrações maravilhosas! Profundo né!
A novela começou dia 17 de Outubro e já em sua primeira narração eu fiquei apaixonada!
Relembre o primeiro capítulo aqui

Acho um barato as narrações de Miguel, amo a novela Aquele Beijo e acima de tudo a forma como as interlocuções dele facilitam e ampliam a nossa visão. E noss mostra para que realmente serve as novelas para refletir!

***********************************************************************************

Falabella avalia sucesso de sua narração: 'Torna o espectador mais inteligente'


Com sua voz marcante, Miguel participa da trama e encanta o público


Autor experiente, Miguel Falabella decidiu ousar em Aquele Beijo e trouxe para sua trama a inovadora figura de um narrador. Personagem presente em várias estruturas literárias, o narrador ajuda a trazer para o público uma visão mais crítica da história. “Ter um narrador torna o espectador mais inteligente. A ideia é ele não acreditar naquilo que está vendo, e sim entender que aquilo é uma ficção feita para emocionar, gargalhar”, conta Miguel.

Ter um narrador torna o espectador mais inteligente. A ideia é ele não acreditar naquilo que está vendo e sim entender que aquilo é uma ficção feita para emocionar, gargalhar”
Miguel Falabella
Sem medo de contar sua história de uma maneira diferente, Miguel diz que o narrador é uma figura provocante e que indica caminhos para que as pessoas pensem sobre a trama. “Sou muito público. Eu crio, e, ao mesmo tempo em que crio, consigo me distanciar da obra e ser público dela. Aí eu volto a ser o Miguel da Ilha do Governador. E se eu gosto, eu gosto, e se eu não gosto, eu apago e recomeço”, revela.
Segundo Miguel, a resposta que o público tem dado para o personagem do narrador está sendo ótima. “As pessoas têm me dito coisas muito impressionantes. Eles conseguem entender a narração e amam, se encantam. Fora que eu cito grandes clássicos. É bom você ver uma novela e de repente escutar uma joia de Dickens”, comenta o autor, referindo-se ao autor britânico Charles Dickens, cujas frases fazem parte da narração de Aquele Beijo.
Com a voz marcante, Miguel tem muitos anos trabalhando em televisão e, com isso, as pessoas sabem quem é o narrador. “Tenho uma voz conhecida, então não é qualquer narrador, é o Falabella contando a história”, comenta o autor.
Para ouvir mais o narrador, continue assistindo Aquele Beijo!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Gotas de felicidade!
Adoro quando leio seu comentário!
Obrigada pelo carinho!

Visualizações

Google+ Followers

Seguidores

Topo