Inscreva-se! Basta um clique!

Translate

Dia 132💋 Como os Ricos Pensam e Agem…

Pense de outra forma: nós não trabalhamos apenas por dinheiro, mas pela oportunidade de usá-lo para realizar nossos objetivos de vida. Pode parecer um olhar simplista, até mesmo utópico, mas é exatamente a partir dele que histórias de vida inspiradoras são criadas.

1. Os ricos criam suas próprias vidas
As pessoas ricas acreditam na seguinte idéia: “Eu crio a minha própria vida.” As pessoas de mentalidade pobre acreditam na seguinte idéia: “Na minha vida, as coisas acontecem.” O papel de vítima. É o tal complexo de Zeca “Deixa a vida me levar” Pagodinho que impede com que muitas pessoas construam sua própria independência financeira .
2. Os ricos entram no jogo do dinheiro para ganhar
As pessoas ricas entram no jogo do dinheiro para ganhar. As pessoas de mentalidade pobre entram no jogo do dinheiro para não perder.
Pessoas de mentalidade rica criam empresas, lançam produtos, investem em ações, dão a cara à tapa. Elas arriscam e por isso obtêm um retorno proporcional.
Enquanto isso, quem tem uma mentalidade pobre ou de classe média joga para não perder. Investe na poupança, porque é “seguro”. Fica no mesmo emprego por anos com medo de tentar algo melhor e “perder tudo”. E assim ficam escravas de seu próprio trabalho pelo restante da vida.
3. Os ricos assumem o compromisso de serem ricos
As pessoas ricas assumem o compromisso de serem ricas. As pessoas de mentalidade pobre gostariam de ser ricas.
Para ser rico, você precisa se comprometer com esse objetivo principal definido. Comprometer-se significa cortar todas as outras possibilidades e fazer o que estabeleceu como meta. Sem desculpinhas esfarrapadas.
As pessoas de mentalidade pobre apenas dizem que “gostariam” de ser ricas, mas na verdade não fazem praticamente nada para cumprir essa meta. Assim, continuam pobres.
4. Quem é rico pensa grande
As pessoas ricas pensam grande. As pessoas de mentalidade pobre pensam pequeno.
Pensar grande significa querer fazer dinheiro em larga escala. Quando você mira no céu, no mínimo acerta as estrelas. Definir metas ousadas não apenas proporciona um retorno financeiro maior como também dão um entusiasmo a mais na hora de cumpri-las.
Por outro lado, pensar pequeno é pensar apenas em manter seu emprego. Ou subir uma posição na hierarquia da firma, em vez de querer ser o próprio dono da empresa.

5. Os ricos focam as oportunidades
As pessoas ricas focalizam oportunidades. As pessoas de mentalidade pobre focalizam obstáculos.
Cada item com que nos deparamos na vida possui nele mesmo um aspecto positivo e outro negativo. O que diferencia os ricos dos pobres, nesse ponto, é que os primeiros focalizam as oportunidades.
Enquanto isso, as pessoas de mentalidade pobre focalizam apenas os obstáculos, colocando-se continuamente no papel de vítimas.
6. O mais importante: rico admira rico!
As pessoas ricas admiram outros indivíduos ricos e bem-sucedidos. As pessoas de mentalidade pobre guardam ressentimento de quem é rico e bem-sucedido.
Esse é talvez o mais importante segredo da mente milionária.
Desde pequenos, somos programados para ver as pessoas ricas como vilãs. Nos livros, novelas, filmes e quadrinhos, os ricos geralmente são pessoas de mau caráter, que passaram por cima dos outros para conquistar sua fortuna.
Se na nossa mente ser rico é sinônimo de ser mau, dificilmente vamos nos empenhar para nos tornarmos algo que desprezamos. Ninguém quer ser o vilão da história. Repare como até hoje qualquer empregado enche a boca para falar “eu sou um trabalhador”, colocando implicitamente que ser o capitalista é o lado errado da história.
Na vida real, entretanto, é possível notar que existem pessoas ricas boas e más, da mesma maneira como existem pessoas pobres boas e más. O dinheiro apenas potencializa o caráter da pessoa. Tanto entre os ricos como entre os pobres, a maioria das pessoas é boa.
Se não fosse assim, como um rico conseguiria fazer com que tantas pessoas confiassem seus investimentos em suas ideias? Como juntaria tantas pessoas para trabalharem para ele?
7. Rico anda com rico
As pessoas ricas buscam a companhia de indivíduos positivos e bem-sucedidos. As pessoas de mentalidade pobre buscam a companhia de indivíduos negativos e fracassados.
Nós costumamos adotar os hábitos, comportamentos e até mesmo vocabulários das pessoas com quem passamos mais tempo. Perceba como seu círculo de amizade ou de colegas possuem características mais ou menos semelhantes.
Sendo assim, não seria interessante buscar também a companhia de pessoas positivas e bem-sucedidas? Uma boa dica (atenção para o jabá) é cadastrar-se na nossa rede social e manter contato com outras pessoas também interessadas em desenvolvimento pessoal.
8 – Quem é rico gosta de se promover
As pessoas ricas gostam de se promover. As pessoas de mentalidade pobre não apreciam vendas nem autopromoção.
Se você leu o ponto anterior, viu como fizemos uma autopromoção.
Muitas pessoas acreditam que autopromoção – ou vender o próprio peixe – é algo inadequado e até mesmo boçal.
As pessoas de mentalidade rica não tem esse preconceito. Sabem que, para fazer um negócio deslanchar, é preciso que outras pessoas o conheçam. E para que elas conheçam, é preciso que o negócio seja promovido.
A questão é: se você não vai promover seu próprio negócio, quem vai?
9. Você vence um problema tornando-se maior do que ele
As pessoas ricas são maiores do que os seus problemas. As pessoas de mentalidade pobre são menores do que os seus problemas.
Um problema só é algo que atrapalha quando você não consegue vencê-lo. Os Segredos da Mente Milionária mostra que as pessoas pobres são quase sempre menores do que os seus problemas. Por isso, ficam empacadas nele.
Enquanto isso, os ricos estudam, aperfeiçoam-se, tornam-se maiores do que seus problemas. E assim deslancham na vida financeira.
10. Ricos sabem receber dinheiro
As pessoas ricas são excelentes recebedoras. As pessoas de mentalidade pobre são péssimas recebedoras.
Enquanto os ricos sabem cobrar e principalmente receber dinheiro, quem tem uma mentalidade pobre prefere “não tocar no assunto”.
Quando alguém lhes dá um presente ou um dinheiro, soltam logo que “não precisava”. Muitos até devolvem ou se recusam a receber a oferta.

11. Os ricos recebem de acordo com seus resultados
As pessoas ricas preferem ser remuneradas por seus resultados. As pessoas de mentalidade pobre preferem ser remuneradas pelo tempo que despendem.
Trocar tempo por dinheiro, como fazem praticamente todos os que são empregados, é um obstáculo para a riqueza. Seu tempo é limitado, você nunca vai conseguir trabalhar mais do que 24 horas em um dia.
Os ricos compreendem isso e usam alavancas para ganhar dinheiro em grande escala, de múltiplas fontes, mesmo quando estão dormindo! Sua riqueza depende diretamente do desempenho de sua equipe e de suas empresas. Assim, ele está sempre motivado e melhorar um pouco.
12. Quem é rico não limita suas opções
As pessoas ricas pensam: “Posso ter as duas coisas.” As pessoas de mentalidade pobre pensam: “Posso ter uma coisa ou outra.”
As pessoas de mentalidade pobre fazem muitas vezes falsas escolhas. Pensam, por exemplo, que podem “ou ser pobre e feliz ou rico e triste”, quando dinheiro e felicidade não tem nenhuma relação.
Você só precisa fazer escolhas entre itens semelhantes. Você pode ser rico ou pobre, gordo ou magro, forte ou fraco. Mas não há nenhuma relação entre escolhas como ser rico e triste.
13. Ricos olham para o patrimônio líquido
As pessoas ricas focalizam o seu patrimônio líquido. As pessoas de mentalidade pobre focalizam o seu rendimento mensal.
Quem busca a independência financeira tem como objetivo formar um patrimônio líquido tão grande que, ao ser investido, dispense a pessoa de trabalhar pelo resto da vida. A não ser que queira.
Enquanto os ricos estão de olho nisso, as pessoas de mentalidade pobre olham apenas para “salário e benefícios” que vão ganhar todo mês para pagar o crediário das Casas Bahia.

14. Os ricos administram bem o dinheiro
As pessoas ricas administram bem o seu dinheiro. As pessoas de mentalidade pobre administram mal o seu dinheiro.
Para ser rico, você precisa controlar seus gastos, ter educação financeira e administrar bem o seu dinheiro. O livro Os Segredos da Mente Milionária recomenda que administremos nosso dinheiro primeiramente da seguinte forma:
10% para investimentos (Pague-se primeiro!)
10% para educação financeira
10% para despesas de longo prazo
10% para doações
10% para diversão
50% para necessidades pessoais
Há dois pontos curiosos nesse sistema. O primeiro é o da conta da diversão. Harv Eker argumenta que não faz sentido trabalharmos para ficar juntando dinheiro e viver uma jornada de restrições. Se não dermos ao cérebro pistas que associem o que estamos fazendo a um pouco de prazer, cedo ou tarde iremos nos sabotar.
O segundo ponto curioso é doar 10% de tudo o que ganhamos. Isso pode parecer difícil, mas aumenta nosso poder de compaixão e também faz com que nos desapeguemos um pouco do dinheiro.
15. Ricos investem
As pessoas ricas põem o seu dinheiro para dar duro para elas. As pessoas de mentalidade pobre dão duro pelo seu dinheiro.
Enquanto R$ 100 reais nas mãos de uma pessoa pobre viram R$ 105 depois de um mês aplicado na poupança, a mesma quantia nas mãos de quem sabe investir vira R$ 150, R$ 200, até R$ 1.000 no mesmo período.
Em vez de apenas trabalhar pelo dinheiro, faça o dinheiro que você já possui trabalhar arduamente para você, aplicando-o em boas opções de investimentos.
16. Quem é rico supera o medo
As pessoas ricas agem apesar do medo. As pessoas de mentalidade pobre deixam-se paralisar pelo medo.
É claro que qualquer pessoa tem medo de investir tudo o que já juntou na vida para arriscar abrir um negócio.
O que diferencie um rico de um pobre, é que a pessoa de mentalidade rica age apesar desse medo. Por outro lado, quem tem mentalidade pobre deixa-se paralisar pelo medo, fica ponderando, ponderando, e nunca age efetivamente.
17. Os ricos usam a ideia da sobrecarga progressiva
As pessoas ricas aprendem e se aprimoram o tempo todo. As pessoas de mentalidade pobre acreditam que já sabem tudo.
Quando se trata de educação financeira e oportunidades de investimento, os ricos mantêm uma mente de principiante. Estão sempre interessados em aprender mais, em se aprimorar o tempo todo. O objetivo é sempre saber como fazer o dinheiro trabalhar mais e melhor para eles mesmos.
Enquanto isso, quem é pobre acha que nasceu assim e vai morrer assim, que a vida é assim mesmo, que não tem jeito para dinheiro, e outras desculpas esfarradas.

 Do Livro: O Segredo da Mente Milionária
  Youtube   Blog    Twitter    
 Instagram@blogdamartika  
Email: contato@blogdamartika.com
A acompanhe toda a programação diária do blog por aqui e inscreva-se lá no canal do YouTube, para receber em primeira mão os novos vídeos https://www.youtube.com/user/martavictor

Essas são minhas fanpages! Curte e fique por dentro do meu universo!


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Gotas de felicidade!
Adoro quando leio seu comentário!
Obrigada pelo carinho!

Topo