dable>

Últimas postagens

Tradutor

Férias!!!!!

Ola amores!!!!

hahahhahahahahah
Eu tô me abrindo direto!!!
Minhas férias no mês do meu aniversario!!!
Fato inédito!!!
Etâ que essas férias serão boas d+!!!!
'Pense numa comédia'!!!
A Diversão vai 'correr frouxo!'
p.s: a 1ª ilustração eu fiz mas a 2ª, ganhei do Léo, a arte do roteiro das minhas férias.
hauhauhauhauau será que daqui a 30 dias eu chego?!
hahahahahahah
Antes de ir as previsões para mim em março kkk


Peixes

De 20/2 a 20/3
O importante nesta fase é a perseverança e a constância de propósitos. É certo que você vem lutando; porém alguns resultados ainda não foram saboreados. É preciso calma e paciência, mas, acima de tudo, uma postura confiante e otimista, mesmo diante das adversidades. Busque a tranquilidade e a harmonia interna. Muito mais cedo do que você espera os resultados virão.
Viram!!!
Inté!!!!
um cheiro!!!

e as novidades ?


Olá meus amores!
Blá blá blá kkkk
Hoje um amigo do trabalho perguntou-me como serão minhas férias.
Depois que contei tudo ele disse mais ou menos isso:
-Guarda pra ti. Não conta nada pra ninguém. Mantenha sua vida na discrição.
Bem eu passei muito tempo achando que deveria esconder tudo e de todos, sofria de coitadismo e mania de perseguição.
-Ninguém gosta de mim! Todos me olham com desprezo ! Que povo invejoso! Só querem saber de nossa vida!
Parecia um mantra que repetia.
huahuauauauah
A vida não é tão simples assim!
Convivemos diariamente com pessoas de todo o tipo!
Eu sou cercada de pessoas que não vivem suas próprias vidas e sim a dos outros!
Pode ficar antenadas(os).
Tem gente que conversa horas:Como está ? Como foi o carnaval? Tu viajou? A gente responde tudo mas qdo dizemos:
- E vc!!!-A resposta fica no vácuo!!!
hahahahahhha
Mas também tenham cuidado tem gente que pergunta por simplesmente nos admirar e se acostume com isso . Voce é um ser admirável!
Qto a o meu amigo! Ele é uma pessoa maravilhosa, gentil , inteligente, humano, prestativo.
Sò precisa dizer Sim!!! (espero que ele leia isso), pois ele também sofre de coitadismo só que ainda não parou para mudança. Ainda!
Ele somente ele soube do meu roteiro de férias. Sò para ele contei. Nem precisava ele me recomendar isso!!!
A vida é para ser vivida e devemos sempre nos expressar!
Se ele resolver contar pra alguém o problema é dele pois eu não pedi segredo! Ele simplesmente foi o único que perguntou. Simples assim!!!

Cautela e viver pisando em ovos é para mim(desculpe quem não concordar) significa ligar mais para o que os outros pensam de nós mesmos.
Sai dessa!!! Afaste-se destes vampiros sugadores de energia!
Um ditádo árabe que adotei a 3 anos em my life.
Nunca se justifique!
Seus amigos nã
o precisam.
Seus inimigos não acreditarão!


Um cheiro e as últimas comprinhas!
(Do mês de Fevereiro kkk)

O que acontece quando você bebe coca-cola?

O que acontece quando você bebe coca-cola?


O que acontece quando você bebe coca-cola?




Primeiros dez minutos

Aproximadamente dez colheres de acúcar adentram seu organismo. MAis que 100% das suas necessidades diárias totais. Você só não vomita com o excesso de doce porque o ácido fosfórico inibe esta reação, iludindo seu organismo a achar que há menos quantidade de doce, o que te ajuda a mandar a coca-cola pra dentro.


20 Minutos

Agora o pico de açúcar atinge sua corrente sanguínea, gerando um choque insulínico. MAis que depressa, seu fígado responde como pode a isso, convertendo açúcar em gordura. Neste momento a coca-cola começa a provocar seus efeitos de prazer.

40 Minutos

Neste momento, a cafeína foi absorvida completamente. Sua pupila começará a dilatar. A sua pressão sanguínea dispara e como resposta, seu fígado injeta mais açúcar em seu sistema sanguíneo. Os receptores de adenosina em seus miolos irão bloquear, de modo a prevenir a sonolência.

45 Minutos

Seu corpo aumenta a produção de dopamina, estimulando os centros de prazer do seu cérebro. Isso é basicamente o que a Heroína faz.


60 minutos e além

O ácido fosfórico se liga ao o cálcio, o magnézio e o zinco em seus intestinos, dando um impulso adicional ao seu organismo. Isso é ainda potencializado com os flavorizantes e acidulantes artificiais que aumentam a excreção urinária do calcio. Se você tem tendência a formar pedras nos rins, este é o seu tiro de misericórdia. Se você é mulher, a ligação do ácido fosfórico com o calcio dos ossos pode aumentar uma predisposição genética a osteoporose.

As propriedades diuréticas da cafeína entram na brincadeira, gerando uma enorme vontade de fazer xixi. Você evacuará o cálcio, o magnésio e o zinco ligados que foram dirigidos a seus ossos bem como o sódio, o eletrólito e a água.

Após os 60 minutos, seu corpo começa entrar em um estado de caos gerado pela ingestão do açúcar. Isso fará você começar a ficar irritadiço ou sonolento. A esta altura, você já urinou toda a água que estava contida na Coca-Cola misturada com os minerais e nutrientes - que deveriam nutrir seu organismo.

Observe que esta análise é feita tomando como base a ingestão de uma lata de coca-cola. Se você tomar uma garrafa de 2,5l a coisa piora.

Um puco mais
em outro blog

A VERDADE sobre a Coca-Cola!!


Por que nenhum outro refrigerante parece com a Cola-Cola??

Na verdade, a fórmula ’secreta’ da Coca-Cola se desvenda rapidinho, e basicamente até os cachorros a conhecem. Só que não dá para fabricar igual, a não ser que você tenha uns 10 bilhões de dólares para brigar com a Coca-Cola na justiça, porque eles vão cair
matando.

A fórmula da Pepsi tem uma diferença básica da Coca-Cola e é proposital exatamente para evitar processo judicial. Não é diferente porque não
conseguiram fazer igual não, é de propósito, mas próximo o suficiente para atrair o consumidor da Coca-Cola que quer um gostinho diferente com menos
sal e açúcar.

O que torna a Coca-Cola tão diferente das outras?

Tire a imensa quantidade de sal que a Coca-Cola usa (50mg de sódio na lata) e você verá que a Coca-Cola fica igualzinha a qualquer outro refrigerante sem-vergonha e porcaria, adocicado e enjoado. É exatamente o Cloreto de Sódio em exagero (que eles dizem ser ‘ very low sodium’) que refresca e ao mesmo tempo dá sede em dobro, pedindo outro refrigerante, e não enjoa porque o tal sal mata literalmente a sensibilidade ao doce, que também tem de montão: 39 gramas de açúcar’ (sacarose).

É ridículo, dos 350 gramas de produto líquido, mais de 10% é açúcar. Imagine numa lata de Coca-Cola, mais de 1 centímetro e meio da lata é açúcar puro… Isso dá aproximadamente umas 3 colheres de sopa CHEIAS DE AÇÚCAR POR LATA !

Qual é a fórmula da Coca-Cola?

Simples: Concentrado de Açúcar queimado - Caramelo - para dar cor escura e gosto; ácido ortofosfórico (azedinho); sacarose - açúcar (HFCS - High Fructose Corn Syrup - açúcar íquido da frutose do milho); extrato da folha da planta COCA (África e Índia) e poucos outros aromatizantes naturais de outras plantas, cafeína, e conservante que pode ser Benzoato de Sódio ou Benzoato de Potássio, Dióxido de carbono de montão para fritar a língua quando você a toma e junto com o sal dar a sensação de refrigeração.

Uso de ácidos na composição do refrigerante:

O uso de ácido ortofosfórico e não o ácido cítrico como todos os outros usam, é para dar a sensação de dentes e boca limpa ao beber, o fosfórico literalmente frita tudo e em quantidade pode até causar decapamento do esmalte dos dentes, coisa que o cítrico ataca com muito menor violência, pois o artofosfórico ‘chupa’ todo o cálcio do organismo, podendo causar até osteoporose, sem contar o comprometimento na formação dos ossos e dentes das crianças em idade de formação óssea, dos 2 aos 14 anos. Tente comprar ácido fosfórico para ver as mil recomendações de segurança e manuseio (queima o cristalino do olho, queima a pele, etc.). Só como informação geral, é proibido usar ácido fosfórico em qualquer outro refrigerante, só a Coca-Cola tem permissão… (é claro,porque se tirar o ácido, a Coca-Cola ficará com gosto de sabão).

Quer saber a quantidade de lixo que tem em refrigerante diet?

Não uso nem para desentupir a pia, porque tenho pena da tubulação de pvc… Olha, só para abrir os olhos dos cegos: os produtos adocicantes diet têm vida muito curta. O aspartame, por exemplo, após 3 semanas de molhado passa a ter gosto de pano velho sujo. Para evitar isso, soma-se uma infinidade de outros químicos, um para esticar a vida do aspartame, outro para dar buffer (arredondar) o gosto do segundo químico, outro para neutralizar a cor dos dois químicos juntos que deixam o líquido turvo, outro para manter o terceiro químico em suspensão, senão o fundo do refrigerante fica escuro, outro para evitar cristalização do aspartame, outro para realçar, dar ‘edge’ no ácido cítrico ou fosfórico que acaba sofrendo pela influência dos 4 produtos químicos iniciais, e assim vai… A lista é enorme.

Blá..blá blá

Sab/dom e principalmente ontem..que chuva que frio!!!


Hoje 24/02/09 - Terça de Carnaval-Solão




Nossa só parei para amoçar!!!
Estou há horas atualizando tudo!!
Ufa!
Derradeiro post! kkkk

Oi Gente como foi o carnaval ?!

Bem pra falar a verdade nunca curti muito carnaval!!!
Mela -mela é o ó, coisa de carniça!!!
Sempre fico em casa gosto ...adoro !!!
Além do mais tive uma maravilhosa folga no trabalho(sab/dom/seg/terça),
Saldo do feriadão:


O final de semana foi muito muito tranquilo!!!
Todos em casa viajram minha irmã e netinho trabalharam todo o período de carnaval.
Arrumei muita coisa, estou me preparando para as férias!!!
Dediquei-me ao projeto: Mudança de percurso!!!
Li , assisti filmes(A casa do Lado pela 5ª vez , Jogos Patrioticos, End Game, Cidades dos Anjos, Enquanto voce dormia e O segredo)
Estudei sobre o Espiritismo, assistindo vários vídeos de Divaldo Franco que esteve aqui em Fortaleza e não saiba :-(
Calma não fiquei só nessa.
No início deste ano comentei sobre os excessos e somente agora neste carnaval conclui.
Nossa foi doado muita coisa, como compro coisas que não uso, me desapeguei de muita coisa: Roupas, maquiagens, sandálias.
Ufa Meta 32 concluída!

Que lindo tudo arrumadinho!!!


Faltou as sandálias gente!!!!! Meu 4º Vício. Pelo menos prometi não compra nada desses 4 itens, só no natal. Poupar Metar nº 1 kkk

Tirando o fato que myra está doente(o que me deixou preocupada).
Foram três dias muio calmos!!
Choveu todos os dias!!!!
Ontem foi água!! Só não tomei banho de bica!!!! huahauhuahuahuh
Afê!
O dia todo choveu!
Hoje um solão digno de praia,
Oh meu Deus daria tudo para ter comido uns 8 caranguejos a beira mar!
Fica pra depois!!! Fica pra Abril!
Eu enchi os blogs de postagem,pois estou me preparando para ficar um bom tempo fora da Net!
É uma de minhas metas prioritárias!!!
Decidi: De Maio a Outubro/09.
Só vou aparecer se for coisa realmente muito importante, essa é a parte mais difícil, porém tenho muitas coisas em andamentos e acreditem posso passar tranquilamente 10 horas na Net e esquecer do mundo.
Já estou cancelando alguns emails, saindo de alguns sites de relacionamentos para organizar minha vida. è tanta coisa pra ver que perco tempo,e tempo pra mim é precioso!!!
Lei da atração:
  • Conversei com Laércio até as 01hs da madruga de sábado para domingo e ontem por telefone, combinamos muitas coisas...estou anciosa há quase 9 anos não nos vemos pois ele está na Flórida, Pense em um amigoirmão maravilhoso que tenho!
  • Revi meu primão nossa a chuva trouxe ele direto do Pará,
  1. Conversamos muito
  2. Me pesei emagreci!!!! Até postei uma fotinha de cara lavada mesmo!!!
  3. Descobri que os fâns de madonna(como eu sou desde 12 anos), são bem sucedidos e na grande maior intelectualmente na frente de pessoas que nao a curtem. Que pesquisa maravilhosa. Amo as músicas delas e meu tema de 2009 é beat goes on
Diz + ou - assim: Fala de uma pessoa que por causa de alguém nunca se realiza,pois ninguém dá o valor que merece. Entao ela se toca e comeca tudo novo. o melhor trecho é:
(...)seguindo onde a batida(do coracao) levar
Você não tem o luxo do tempo
Você tem q dizer o que passa em sua mente
Sua cabeça está perdida nas alturas
Você nunca irá longe (sem tempo para perder)
É hora de você ler os sinais
Diga do que você gosta, faça o que você sente
Você sabe exatamente quem você é
O momento é agora
Você precisa decidir
Fique para trás ou seja a estrela(...)

Sou eu kkkkkk


Depois dos trinta passei a ficar mais vaidosa e só agora(quase três anos depois), estou me sentindo uma mulher bonita. Xi! maquiagem agora faz parte do meu dia a dia e esta fotinha é do meu mais besta sonho de consumo, estou quase comprando....quase R$100,00 e nem calculei o frete.
PALETTE COASTAL SCENTS ORIGINAL 88 CORES
Mas vou esperar pois tenho uma gavetinha repleta de sombras pra usar....kkkk Obrigada a vc que acompanha meu blog, pela força, pelo apoio!!!
Um cheiro enorme!

Terminei!!!
Inté meus amores!!!

16:25pm



Alcance a sua felicidade mudando apenas o seu pensamento.

Alcance a sua felicidade mudando apenas o seu pensamento.


A grande maioria das pessoas passam o tempo em constante “conversa fiada” mental ou seja o “pensamento fiado”. Pensamos em nós mesmos durante todo o dia e, infelizmente, a maioria dos pensamentos são negativos. Muitas vezes são manchados com a culpa ou arrependimento sobre o nosso passado ou sobre o nosso futuro. Essa negatividade pode destruir qualquer semente de esperança que possamos ter, de alcançar os nossos sonhos.

É extremamente difícil passar a ter um pensamento positivo de um momento para o outro, sem antes estar familiarizado com os pensamentos que passam constantemente na sua mente. Um destes dias tive a brilhante ideia de tentar escrever em papel todos os pensamentos que me passavam pela cabeça num espaço de 10 minutos. Qual foi o meu espanto quando tentei associar os pensamentos que me tinham ocorrido naquela altura com os sentimentos que surgiam em resposta, resultado, todo e qualquer pensamento negativo que surgia trazia sempre consigo um sentimento de ansiedade, medo, tristeza e impotência. O resultado inverso surgia sempre que pensava em algo positivo.

As nossas acções e sentimentos são inspiradas pelos nossos pensamentos. Se não podemos mudar a nossa forma de pensar, podemos começar a mudar a nossa forma de agir na esperança de atrair sentimentos positivos. Faz parte da natureza humana buscar constantemente o crescimento pessoal, quer a nível financeiro, emocional, físico ou espiritual. Praticar um discurso positivo em relação a si pode ajudar a pôr em marcha acções que trarão maiores recompensas. E claro ninguém se sente triste e melancólico apenas porque sim, aquilo que sentimos é resultado daquilo que pensamos.

O verdadeiro problema de mudar a forma de pensar é que você pensa de “certa e determinada maneira” porque sempre agiu de “certa e determinada maneira”, portanto mudando a forma de agir irá mudar com o tempo, a forma de pensar, criando uma nova realidade. Quando você pensa, “eu não consigo”, essa é a sua realidade, é isso que você está a criar, ou seja, a partir desse momento você nem sequer vai tentar, porque já se convenceu que não consegue, passando esse pensamento a ser uma ordem. Mas se utilizar essa forma de funcionamento do seu subconsciente a seu favor e passar a afirmar para si aquilo que pretende ou que idealiza, então vai obter gradualmente um fluxo de pensamentos positivos e progressistas criando soluções onde apenas existiam problemas.

As afirmações são indicações positivas de um resultado ou de um objectivo desejado. São geralmente curtas, acreditáveis e focalizadas. Repetindo-as uma e outra vez, você constrói estradas no seu subconsciente, abrindo a possibilidade de um novo estado de pensamentos. Um detalhe importante, ao repetir as afirmações você precisa de as declamar em voz alta e com sentimento. A mera leitura das palavras não carrega nenhuma consequência a menos que você coloque algumas emoções nas palavras. Um facto significativo é que o seu subconsciente aceita todas as ordens dadas sempre que ordenado de forma repetida. Assim a prática diária de repetir afirmações é importante para educar o seu subconsciente a despoletar pensamentos positivos perante as dificuldades e duvidas que surjam na sua vida.

Como dizia o poeta “faça todos os dias alguma coisa que lhe meta realmente muito medo”, a melhor forma de superar o medo ou os nossos fantasmas internos é confronta-los. Sempre que pensar que não consegue, arrisque não pense e passe à acção, o pior que lhe pode acontecer é ficar mais perto do seu objectivo. Entenda que mais importante que alcançar um objectivo é toda a experiência que adquire pelo percurso. E sendo assim mesmo que não o alcance a única forma de crescer e evoluir é tentando. Uma e outra vez, pois “um desistente nunca vence e um vencedor nunca desiste”.

Tente também fazer todos os dias alguma coisa que lhe dê realmente muito prazer, seja passear o seu cão, uma volta na praia, passar algum tempo com os seus filhos ou companheiro(a), ou mesmo uma actividade social, e evite ao máximo passar muito tempo em frente da TV.

Por ultimo, sorria bastante, beije e abrace tudo o que mexa e diga para si sempre antes de se deitar e sempre que se levantar “Eu sou a pessoa mais incrivel e mais fantástica que alguma vez conheci”.

Um abraço e muito sucesso.


Um cheiro!


Orkut:
http://www.orkut.com.br/Profile.aspx?uid=10315337308284875232


Como superar a procrastinação, 7 simples passos


Ainda está adiando as coisas? Afê!!!

Como superar a procrastinação, 7 simples passos
http://www.erhnam.com/

1. Reconheça que há mais dor em procrastinar do que em fazer o que tem de ser feito.

Se procrastinou muito (como eu) você pôde ter descoberto que:
Você procrastina para evitar fazer algo aborrecido, difícil, complicado, estranho, novo, diferente. E procrastina essencialmente para evitar essa dor.
Quando já tiver alguma experiência com a procrastinação vai provavelmente perceber que a procrastinação causa muito mais dor do que fazer realmente o que precisa ser feito. Compreender a verdadeira quantidade de dor das suas escolhas fará com que mais facilmente supere a procrastinação.

2. Force-se a fazer o que precisa ser feito antes da urgência surgir…

…a sua auto-estima irá disparar. Da próxima vez que se sentir tentado a procrastinar lembre-se, foi você que se forçou, mas que se sentiu melhor quando deu por terminada a tarefa. Lembre-se da fantástica recompensa que teve quando terminou. Quando se sentir tentado lembre-se disto de forma a seguir em frente.

3. Crie um fluxo

Em vez de não fazer nada, comece a fazer qualquer coisa. Limpe a sua secretária, remova o lixo, lave os pratos. Basta executar um conjunto de pequenas e simples tarefas para criar um fluxo positivo, “momentum”. Quando está num fluxo que o faz mover, começar o que tem realmente de fazer será muito mais fácil. Limpar também pode ajuda-lo a sentir-se mais motivado. Um ambiente de trabalho desarrumado parece reforçar frequentemente a procrastinação.

4. Adquira alguma alavancagem

Às vezes nós procrastinamos nas coisas que não são maçadoras, no trabalho ou na escola. Talvez esteja aprisionado, não sendo capaz de dar um passo em frente com medo de alguma dor pessoal profunda. Se está a pensar em mudar de emprego, carreira ou em dar o próximo passo num relacionamento, está provavelmente focado nas coisas que podem correr mal. Tente em vez disso criar alguma alavancagem que o impulsione ou empurre para a frente.

Como? Agarre numa caneta e num pedaço de papel. Aponte todas as coisas que se lembre que irá deixar de ter (não só agora, mas também no futuro) caso não dê esse passo AGORA. Procure dentro de si e sinta a dor que irá ter não só agora mas nos próximos anos quando pensar que a mudança esteve nas suas mãos e que bastaria um simples passo.

Escreva depois todas as coisas positivas e maravilhosas que experimentará se tomar essa decisão, se der um passo em frente na direcção que deseja. Pense sobre elas e escreva todas aquelas coisas que experimentará e sentirá, não apenas nos próximos dias mas num ano, em dois, em cinco anos ou dez. Consiga fazer com que a vara e a cenoura trabalhem a seu favor. E coloque o problema numa perspectiva de tempo mais longo para lhe dar realmente um safanão emocional.

5. Como comer um elefante? Uma dentada de cada vez…

Não olhe para “o todo” do que tem de fazer. Uma das formas mais comuns de procrastinação é quando nos sentimos esmagados pela quantidade de coisas que temos para fazer. Tente separar aquilo que tem de fazer em pequenas tarefas. Escreva-as como uma lista num pedaço de papel. Centre-se apenas sobre a concretização de uma pequena tarefa ou porção dela. Passe depois para a seguinte. Supere uma etapa de cada vez e não pense em descansar. Antes que se aperceba já estará a meio caminho.

6. Mude as suas crenças

Os problemas que o colocaram repetidamente num estado de procrastinação podem desaparecer se mudar a sua visão da realidade. Examine as suas crenças. Pergunte-se se poderia ver as coisas de forma mais benéfica e eficaz para si.
Tenha a consciência de que pode escolher a sua opinião sobre si mesmo e sobre o mundo. O passado não é o futuro. Você não tem que limitar a sua opinião baseada em experiências anteriores a menos que queira. Você está aqui agora e pode escolher mudar os seus hábitos.

7. Faça um pequeno negócio consigo mesmo

Pode fazer assim: Prometa a si mesmo que trabalhará em algo por apenas 5 minutos. Depois daqueles 5 minutos pode ir fazer outra coisa qualquer, se quiser. Mas coloque uma nota na sua agenda de quando é que voltará à tarefa e trabalhará outros 5 minutos nela. Como notas de felicidade, não importa quanto desagradável uma tarefa pode parecer, você pode convencer-se frequentemente em trabalhar mais 5 minutos nela.

Espero que estas dicas o possam ajudar tanto quanto me têm ajudado a mim.

Um grande abraço e muito sucesso

Um cheiro!

MSN: martavictor@hotmail.com
Yahoo:
martavicctor@yahoo.com.br
http://martaeunice.blogspot.com/

Orkut:
http://www.orkut.com.br/Profile.aspx?uid=10315337308284875232

Como superar a procrastinação, 7 simples passos


Como superar a procrastinação, 7 simples passos

http://www.erhnam.com/

1. Reconheça que há mais dor em procrastinar do que em fazer o que tem de ser feito.

Se procrastinou muito (como eu) você pôde ter descoberto que:
Você procrastina para evitar fazer algo aborrecido, difícil, complicado, estranho, novo, diferente. E procrastina essencialmente para evitar essa dor.
Quando já tiver alguma experiência com a procrastinação vai provavelmente perceber que a procrastinação causa muito mais dor do que fazer realmente o que precisa ser feito. Compreender a verdadeira quantidade de dor das suas escolhas fará com que mais facilmente supere a procrastinação.

2. Force-se a fazer o que precisa ser feito antes da urgência surgir…

…a sua auto-estima irá disparar. Da próxima vez que se sentir tentado a procrastinar lembre-se, foi você que se forçou, mas que se sentiu melhor quando deu por terminada a tarefa. Lembre-se da fantástica recompensa que teve quando terminou. Quando se sentir tentado lembre-se disto de forma a seguir em frente.

3. Crie um fluxo

Em vez de não fazer nada, comece a fazer qualquer coisa. Limpe a sua secretária, remova o lixo, lave os pratos. Basta executar um conjunto de pequenas e simples tarefas para criar um fluxo positivo, “momentum”. Quando está num fluxo que o faz mover, começar o que tem realmente de fazer será muito mais fácil. Limpar também pode ajuda-lo a sentir-se mais motivado. Um ambiente de trabalho desarrumado parece reforçar frequentemente a procrastinação.

4. Adquira alguma alavancagem

Às vezes nós procrastinamos nas coisas que não são maçadoras, no trabalho ou na escola. Talvez esteja aprisionado, não sendo capaz de dar um passo em frente com medo de alguma dor pessoal profunda. Se está a pensar em mudar de emprego, carreira ou em dar o próximo passo num relacionamento, está provavelmente focado nas coisas que podem correr mal. Tente em vez disso criar alguma alavancagem que o impulsione ou empurre para a frente.

Como? Agarre numa caneta e num pedaço de papel. Aponte todas as coisas que se lembre que irá deixar de ter (não só agora, mas também no futuro) caso não dê esse passo AGORA. Procure dentro de si e sinta a dor que irá ter não só agora mas nos próximos anos quando pensar que a mudança esteve nas suas mãos e que bastaria um simples passo.

Escreva depois todas as coisas positivas e maravilhosas que experimentará se tomar essa decisão, se der um passo em frente na direcção que deseja. Pense sobre elas e escreva todas aquelas coisas que experimentará e sentirá, não apenas nos próximos dias mas num ano, em dois, em cinco anos ou dez. Consiga fazer com que a vara e a cenoura trabalhem a seu favor. E coloque o problema numa perspectiva de tempo mais longo para lhe dar realmente um safanão emocional.

5. Como comer um elefante? Uma dentada de cada vez…

Não olhe para “o todo” do que tem de fazer. Uma das formas mais comuns de procrastinação é quando nos sentimos esmagados pela quantidade de coisas que temos para fazer. Tente separar aquilo que tem de fazer em pequenas tarefas. Escreva-as como uma lista num pedaço de papel. Centre-se apenas sobre a concretização de uma pequena tarefa ou porção dela. Passe depois para a seguinte. Supere uma etapa de cada vez e não pense em descansar. Antes que se aperceba já estará a meio caminho.

6. Mude as suas crenças

Os problemas que o colocaram repetidamente num estado de procrastinação podem desaparecer se mudar a sua visão da realidade. Examine as suas crenças. Pergunte-se se poderia ver as coisas de forma mais benéfica e eficaz para si.
Tenha a consciência de que pode escolher a sua opinião sobre si mesmo e sobre o mundo. O passado não é o futuro. Você não tem que limitar a sua opinião baseada em experiências anteriores a menos que queira. Você está aqui agora e pode escolher mudar os seus hábitos.

7. Faça um pequeno negócio consigo mesmo

Pode fazer assim: Prometa a si mesmo que trabalhará em algo por apenas 5 minutos. Depois daqueles 5 minutos pode ir fazer outra coisa qualquer, se quiser. Mas coloque uma nota na sua agenda de quando é que voltará à tarefa e trabalhará outros 5 minutos nela. Como notas de felicidade, não importa quanto desagradável uma tarefa pode parecer, você pode convencer-se frequentemente em trabalhar mais 5 minutos nela.

Espero que estas dicas o possam ajudar tanto quanto me têm ajudado a mim.

Um grande abraço e muito sucesso

Um cheiro!

MSN: martavictor@hotmail.com
Yahoo:
martavicctor@yahoo.com.br
http://martaeunice.blogspot.com/

Orkut:
http://www.orkut.com.br/Profile.aspx?uid=10315337308284875232

Procrastinação


Se está só adiando o que deve começar a fazer agora, leia este artigo viu!!!

Procrastinação



Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


Procrastinação é o diferimento ou adiamento de uma ação. Para a pessoa que está procrastinando, isso resulta em stress, sensação de culpa, perda de produtividade e vergonha em relação aos outros, por não cumprir com suas responsabilidades e compromissos. Enquanto é normal que as pessoas procrastinem até um certo ponto, isso se torna um problema quando impede o funcionamento normal das ações. A procrastinação crônica pode ser um sinal de alguma desordem psicológica ou fisiológica.

A palavra em si vem do latim procrastinatus: pro- (à frente) e crastinus (de amanhã). A primeira aparição conhecida do termo foi no livro Chronicle (The union of the two noble and illustre famelies of Lancestre and Yorke) de Edward Hall, publicado primeiramente antes de 1548.

Logo, um procrastinador é um indivíduo que evita tarefas ou que está evitando uma tarefa em particular.


As causas psicológicas da procrastinação variam muito, mas geralmente tendem a fatores como ansiedade, baixa auto-estima e uma mentalidade auto-destrutiva. Pensa-se que procrastinadores têm um nível de consciência abaixo do normal, mais baseado em "sonhos e desejos" de perfeição ou realização, em vez de apreciação realista de suas obrigações e potenciais.[1]

O autor David Allen traz à tona duas grandes causas psicológicas de procrastinação no trabalho e no dia-a-dia que estão relacionadas à ansiedade, não preguiça. A primeira categoria engloba coisas muito pequenas para se preocupar, tarefas que são uma interrupção irritante no fluxo das coisas, e que tem soluções de baixo impacto; um exemplo seria, organizar uma sala bagunçada. A segunda categoria contém coisas muito grandes para serem controladas, tarefas que uma pessoa pode temer, ou cujas implicações podem ter um impacto grande na vida da pessoa; um exemplo seria, o filho adulto de um idoso doente decidir se este deve continuar vivendo ou morrer (como em casos em que a eutanásia é usada).

Vale apontar que uma pessoa pode inconscientemente superestimar ou subestimar o tamanho de uma tarefa, se a procrastinação se tornar um hábito em sua vida.

Fisiológica

Pesquisas sobre as raízes fisiológicas da procrastinação, em sua grande parte, focam no envolvimento do córtex pré-frontal. Essa área do cerébro é responsável por funções de execução cerebral como planejamento, controle de impulsos, atenção, e age como um filtro diminuindo estímulos que causam distração, que vêm de outras regiões do cérebro. Lesões ou baixa utilização dessa área podem reduzir a capacidade de uma pessoa de filtrar estímulos que causam distração, resultando em má organização, perda de atenção e aumento de procrastinação. Isso é similar ao papel do lobo pré-frontal no Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH), onde é comum a sua subutilização. [1]

Procrastinação e a saúde mental

A procrastinação pode ser uma desordem persistente e debilitante em algumas pessoas, causando disfunções e imperícia psicológicas significantes. Estas pessoas podem estar, de fato, sofrendo de outros problemas mentais como depressão ou Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH).

Enquanto que a procrastinação é uma condição comportamental, esses outros problemas de saúde mental podem ser tratados com medicamentos e/ou terapia. Medicamentos podem melhorar a capacidade de foco e atenção de uma pessoa (no caso de um TDAH) ou melhorar o humor e temperamento no geral (no caso da depressão). A terapia pode ser uma ferramenta importante para ajudar um indivíduo a ter novos comportamentos, superar seus medos e ansiedades, e alcançar uma melhor qualidade de vida. Portanto, é importante para as pessoas que lidam crônicamente com a procrastinação debilitante, consultarem um terapeuta ou um psiquiatra para ver se um maior problema de saúde mental pode estar presente.

Perfeccionismo

Tradicionalmente, a procrastinação tem sido associada com o perfeccionismo, uma tendência de avaliar negativamente os resultados e a performance de alguém, medo intenso e ansiedade, mau humor recorrente e workaholismo. Slaney, em 1996, descobriu que perfeccionistas adaptivos eram menos prováveis a procrastinar que os não-perfeccionistas, enquanto que os perfeccionistas não-adaptivos (pessoas que vêem seu perfeccionismo como um problema) apresentavam altos níveis de procrastinação (e também ansiedade).[2]

Procrastinação acadêmica

Enquanto que a procrastinação acadêmica não é um tipo especial de procrastinação, pensa-se que a procrastinação é particularmente prevalente em configurações ambientais acadêmicas, onde estudantes devem lidar com prazos para provas e trabalhos em um ambiente cheio de eventos e atividades que competem o tempo e atenção dos estudantes. Mais especificamente, um estudo de 1992 mostrou que "52% dos estudantes entrevistados indicaram ter uma necessidade, de moderada à alta, de ajuda em relação à procrastinação"[3].

Alguns estudantes enfrentam a procrastinação devido à falta de gerenciamento de tempo ou técnicas de estudo, stress, ou porque se sentem sobrepujados com seus trabalhos. Estudantes também podem lidar com a procrastinação por razões médicas como o TDA/TDAH ou uma desordem de aprendizado como a dislexia.

A situação é pior em nível de graduação, onde as condições são perfeitas para procrastinação e trabalho mental intangível com prazos flexíveis e, muitas vezes, objetivos auto-definidos. Muitas universidades oferecem aulas, treinamento e tutoria em técnicas de estudo para estudantes que estão enfrentando a procrastinação ou uma desordem de aprendizado. Estudantes com TDA ou desordens de aprendizado, geralmente estão aptos a considerações especiais como, por exemplo, tempo maior para fazer uma prova.

Não é sabido o quão frequentemente um caso severo de procrastinação causado por uma disfunção mental pode passar desapercebido quando a pessoa está em um contexto acadêmico, pois ela pode ser categorizada meramente como "procrastinação acadêmica".

Síndrome do estudante

A síndrome do estudante refere-se ao fenômeno que muitos estudantes só vão começar a se dedicar inteiramente a uma tarefa logo antes do prazo final. O termo foi originado no livro Critical Chain de Eliyahu M. Goldratt.

Por exemplo, se um grupo de estudantes vai até um professor e pede por um adiamento do prazo final de entrega, eles provavelmente vão argumentar que seus projetos serão melhores se eles tiverem mais tempo para trabalhar neles; os alunos pedem isso com a intenção de distribuir o tempo de trabalho pelo tempo que sobra até o prazo de entrega. Porém, a maioria dos estudantes terão outras tarefas ou eventos que também demandam seu tempo. Logo, eles vão acabar se encontrando na mesma situação que começaram, desejando ter mais tempo livre, conforme a data limite se aproxima.

Tipos de procrastinadores

O tipo relaxado

Os procrastinadores do tipo relaxado vêem suas responsabilidades negativamente e fogem delas direcionando sua energia para outras tarefas. É comum, por exemplo, para uma criança procrastinadora do tipo relaxado, abandonar a sua lição de casa, mas não sua vida social. Esse tipo de procrastinação é uma forma de negação. O procrastinador evita situações que causariam desprazer, e, em vez delas, participa de situações mais prazerosas. Em termos Freudianos, esses procrastinadores se recusam a renunciar o princípio do prazer, em vez de sacrificarem-se no princípio da realidade. Eles podem aparentar não estarem preocupados com o trabalho e com prazos, mas isso é simplesmente uma forma de evasão.[4]

O tipo tenso-nervoso

O procrastinador tipo tenso-nervoso normalmente sente-se dominado por pressão, irreal quando trata-se de tempo, incerto sobre seus objetivos e muitos outros sentimentos negativos. Sentindo que lhes falta a habilidade ou foco para completar seus trabalhos, eles dizem a si mesmos que precisam "desestressar" e relaxar, e que é melhor "ir com calma à tarde para começar de novo na manhã seguinte", por exemplo. O "relaxamento" do procrastinador desse tipo é geralmente temporário e inefetivo, e leva a até mais stress conforme o tempo vai se esgotando, prazos se aproximam e a pessoa se sente cada vez mais culpada e apreensiva. Esse comportamento vira um ciclo de fracasso e atraso, enquanto os planos e objetivos são deixados de lado e anotados "para amanhã" ou para a próxima semana repetidamente. Isto também traz um efeito debilitante em sua vida pessoal e suas relações. Como os procrastinadores desse tipo são incertos em relação à seus objetivos, eles muitas vezes se sentem desconfortáveis com pessoas confiantes e objetivas, o que pode causar depressão. Procrastinadores tensos-nervosos geralmente recolhem-se da vida social, evitando contato até mesmo com amigos próximos.[4]

Procrastinação


Longo mais muito interessante

Procrastinação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


Procrastinação é o diferimento ou adiamento de uma ação. Para a pessoa que está procrastinando, isso resulta em stress, sensação de culpa, perda de produtividade e vergonha em relação aos outros, por não cumprir com suas responsabilidades e compromissos. Enquanto é normal que as pessoas procrastinem até um certo ponto, isso se torna um problema quando impede o funcionamento normal das ações. A procrastinação crônica pode ser um sinal de alguma desordem psicológica ou fisiológica.

A palavra em si vem do latim procrastinatus: pro- (à frente) e crastinus (de amanhã). A primeira aparição conhecida do termo foi no livro Chronicle (The union of the two noble and illustre famelies of Lancestre and Yorke) de Edward Hall, publicado primeiramente antes de 1548.

Logo, um procrastinador é um indivíduo que evita tarefas ou que está evitando uma tarefa em particular.


As causas psicológicas da procrastinação variam muito, mas geralmente tendem a fatores como ansiedade, baixa auto-estima e uma mentalidade auto-destrutiva. Pensa-se que procrastinadores têm um nível de consciência abaixo do normal, mais baseado em "sonhos e desejos" de perfeição ou realização, em vez de apreciação realista de suas obrigações e potenciais.[1]

O autor David Allen traz à tona duas grandes causas psicológicas de procrastinação no trabalho e no dia-a-dia que estão relacionadas à ansiedade, não preguiça. A primeira categoria engloba coisas muito pequenas para se preocupar, tarefas que são uma interrupção irritante no fluxo das coisas, e que tem soluções de baixo impacto; um exemplo seria, organizar uma sala bagunçada. A segunda categoria contém coisas muito grandes para serem controladas, tarefas que uma pessoa pode temer, ou cujas implicações podem ter um impacto grande na vida da pessoa; um exemplo seria, o filho adulto de um idoso doente decidir se este deve continuar vivendo ou morrer (como em casos em que a eutanásia é usada).

Vale apontar que uma pessoa pode inconscientemente superestimar ou subestimar o tamanho de uma tarefa, se a procrastinação se tornar um hábito em sua vida.

Fisiológica

Pesquisas sobre as raízes fisiológicas da procrastinação, em sua grande parte, focam no envolvimento do córtex pré-frontal. Essa área do cerébro é responsável por funções de execução cerebral como planejamento, controle de impulsos, atenção, e age como um filtro diminuindo estímulos que causam distração, que vêm de outras regiões do cérebro. Lesões ou baixa utilização dessa área podem reduzir a capacidade de uma pessoa de filtrar estímulos que causam distração, resultando em má organização, perda de atenção e aumento de procrastinação. Isso é similar ao papel do lobo pré-frontal no Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH), onde é comum a sua subutilização. [1]

Procrastinação e a saúde mental

A procrastinação pode ser uma desordem persistente e debilitante em algumas pessoas, causando disfunções e imperícia psicológicas significantes. Estas pessoas podem estar, de fato, sofrendo de outros problemas mentais como depressão ou Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH).

Enquanto que a procrastinação é uma condição comportamental, esses outros problemas de saúde mental podem ser tratados com medicamentos e/ou terapia. Medicamentos podem melhorar a capacidade de foco e atenção de uma pessoa (no caso de um TDAH) ou melhorar o humor e temperamento no geral (no caso da depressão). A terapia pode ser uma ferramenta importante para ajudar um indivíduo a ter novos comportamentos, superar seus medos e ansiedades, e alcançar uma melhor qualidade de vida. Portanto, é importante para as pessoas que lidam crônicamente com a procrastinação debilitante, consultarem um terapeuta ou um psiquiatra para ver se um maior problema de saúde mental pode estar presente.

Perfeccionismo

Tradicionalmente, a procrastinação tem sido associada com o perfeccionismo, uma tendência de avaliar negativamente os resultados e a performance de alguém, medo intenso e ansiedade, mau humor recorrente e workaholismo. Slaney, em 1996, descobriu que perfeccionistas adaptivos eram menos prováveis a procrastinar que os não-perfeccionistas, enquanto que os perfeccionistas não-adaptivos (pessoas que vêem seu perfeccionismo como um problema) apresentavam altos níveis de procrastinação (e também ansiedade).[2]

Procrastinação acadêmica

Enquanto que a procrastinação acadêmica não é um tipo especial de procrastinação, pensa-se que a procrastinação é particularmente prevalente em configurações ambientais acadêmicas, onde estudantes devem lidar com prazos para provas e trabalhos em um ambiente cheio de eventos e atividades que competem o tempo e atenção dos estudantes. Mais especificamente, um estudo de 1992 mostrou que "52% dos estudantes entrevistados indicaram ter uma necessidade, de moderada à alta, de ajuda em relação à procrastinação"[3].

Alguns estudantes enfrentam a procrastinação devido à falta de gerenciamento de tempo ou técnicas de estudo, stress, ou porque se sentem sobrepujados com seus trabalhos. Estudantes também podem lidar com a procrastinação por razões médicas como o TDA/TDAH ou uma desordem de aprendizado como a dislexia.

A situação é pior em nível de graduação, onde as condições são perfeitas para procrastinação e trabalho mental intangível com prazos flexíveis e, muitas vezes, objetivos auto-definidos. Muitas universidades oferecem aulas, treinamento e tutoria em técnicas de estudo para estudantes que estão enfrentando a procrastinação ou uma desordem de aprendizado. Estudantes com TDA ou desordens de aprendizado, geralmente estão aptos a considerações especiais como, por exemplo, tempo maior para fazer uma prova.

Não é sabido o quão frequentemente um caso severo de procrastinação causado por uma disfunção mental pode passar desapercebido quando a pessoa está em um contexto acadêmico, pois ela pode ser categorizada meramente como "procrastinação acadêmica".

Síndrome do estudante

A síndrome do estudante refere-se ao fenômeno que muitos estudantes só vão começar a se dedicar inteiramente a uma tarefa logo antes do prazo final. O termo foi originado no livro Critical Chain de Eliyahu M. Goldratt.

Por exemplo, se um grupo de estudantes vai até um professor e pede por um adiamento do prazo final de entrega, eles provavelmente vão argumentar que seus projetos serão melhores se eles tiverem mais tempo para trabalhar neles; os alunos pedem isso com a intenção de distribuir o tempo de trabalho pelo tempo que sobra até o prazo de entrega. Porém, a maioria dos estudantes terão outras tarefas ou eventos que também demandam seu tempo. Logo, eles vão acabar se encontrando na mesma situação que começaram, desejando ter mais tempo livre, conforme a data limite se aproxima.

Tipos de procrastinadores

O tipo relaxado

Os procrastinadores do tipo relaxado vêem suas responsabilidades negativamente e fogem delas direcionando sua energia para outras tarefas. É comum, por exemplo, para uma criança procrastinadora do tipo relaxado, abandonar a sua lição de casa, mas não sua vida social. Esse tipo de procrastinação é uma forma de negação. O procrastinador evita situações que causariam desprazer, e, em vez delas, participa de situações mais prazerosas. Em termos Freudianos, esses procrastinadores se recusam a renunciar o princípio do prazer, em vez de sacrificarem-se no princípio da realidade. Eles podem aparentar não estarem preocupados com o trabalho e com prazos, mas isso é simplesmente uma forma de evasão.[4]

O tipo tenso-nervoso

O procrastinador tipo tenso-nervoso normalmente sente-se dominado por pressão, irreal quando trata-se de tempo, incerto sobre seus objetivos e muitos outros sentimentos negativos. Sentindo que lhes falta a habilidade ou foco para completar seus trabalhos, eles dizem a si mesmos que precisam "desestressar" e relaxar, e que é melhor "ir com calma à tarde para começar de novo na manhã seguinte", por exemplo. O "relaxamento" do procrastinador desse tipo é geralmente temporário e inefetivo, e leva a até mais stress conforme o tempo vai se esgotando, prazos se aproximam e a pessoa se sente cada vez mais culpada e apreensiva. Esse comportamento vira um ciclo de fracasso e atraso, enquanto os planos e objetivos são deixados de lado e anotados "para amanhã" ou para a próxima semana repetidamente. Isto também traz um efeito debilitante em sua vida pessoal e suas relações. Como os procrastinadores desse tipo são incertos em relação à seus objetivos, eles muitas vezes se sentem desconfortáveis com pessoas confiantes e objetivas, o que pode causar depressão. Procrastinadores tensos-nervosos geralmente recolhem-se da vida social, evitando contato até mesmo com amigos próximos.[4]

O “impossível” é apenas uma palavra.


O “impossível” é apenas uma palavra.

By Edgar Pina on February 10th, 2009

Fonte: http://www.erhnam.com/artigos/impossivel-apenas-uma-palavra.html

Todos nós, em algum momento das nossas vidas, sonhamos em ser alguém especial, alguém reconhecido e importante. Quem não fantasiou já em ser um Cristiano Ronaldo ou uma Cameron Diaz? Quem não sonhou em ser modelo ou miss universo? E quantas vezes não sonhou já em ter uma fortuna incalculável, ser bem sucedido ou ter um relacionamento extraordinário com a pessoa dos seus sonhos?

Muitas vezes sonhamos em grande e temos muitas aspirações. Infelizmente os nossos sonhos não passam disso mesmo, de simples sonhos. E as nossas aspirações vão acumulando pó nos escombros das nossa memórias distantes.

Mas devido a um turbilhão de eventos, a nossa vida é sujeita a uma tremenda mudança de direcção. Em vez de experimentar aventuras emocionantes, é apanhado na monotonia da vida do dia-a-dia, deixando de viver e apenas existir ou sobreviver.

Mas sabe de uma coisa? A vida pode ser MUITO melhor, basta para isso, aprender a colocar a barreira bem mais elevada.

O problema mais comum em colocar objectivos na nossa vida é a utilização da palavra “impossível”. Grande maioria das pessoas sai do percurso quando começa a pensar “eu não vou conseguir fazer aquilo”. Ou “é muito difícil”. Ou ainda “é praticamente impossível”, “ninguém consegue fazer isso”.

No entanto, se todos pensassem assim não existiriam coisas novas, ninguém iria conseguir inventar nada de novo, a humanidade não teria presenciado a tremenda evolução que se tem vindo a verificar.

Lembre-se que quando os cientistas estudaram a abelha concluíram que seria teoricamente impossível a humilde abelha voar. Mas felizmente para a humilde abelha nunca ninguém lhe disse que seria impossível voar. Então ela voa.

No sentido inverso, algumas pessoas sofrem por sonhar numa vida incrível mas sem passar à acção. Resultado? Desilusão e aspirações desfeitas.

Se você se limitar com duvidas sobre as suas reais capacidades e com hipóteses de auto-limitação, você nunca vai ser capaz de se superar, e alcançar aquilo que acha ser impossível.

Experimente o seguinte exercício: Escreva num pedaço de papel alguns dos objectivos que pretende alcançar na sua vida. Numa coluna coloque as coisas que “sabe que consegue alcançar”. Na coluna ao lado escreva as coisas que “julga ter 50% de hipóteses de alcançar”. E por fim na terceira coluna escreva aquilo que julga ser “impossível de alcançar”.

Agora olhe para os cabeçalhos e esforce-se todos os dias para realizar os objectivos que você “sabe que consegue alcançar”, à medida que vai realizando os objectivos risque-os da sua lista. Quando terminar a coluna das coisas que você “sabe que pode alcançar”, passe para a coluna que “julga ter 50% de hipóteses de alcançar”, nesta coluna à medida que vai concretizando estes objectivos risque os que concretizou e coloque um dos que estejam na coluna “impossível de alcançar” a substituir os que realizou.

À medida que vai avançando neste processo, vai descobrir que as metas que achava que eram impossíveis de realizar se vão tornando mais fáceis de concretizar. E o impossível vai começar lentamente a parecer possível.

Esta técnica não limita a sua imaginação. Obriga-o a colocar em papel alguns objectivos bem elevados e faz com que trabalhe pouco a pouco na concretização das suas metas.

Aqueles que apenas sonham em alcançar as suas metas, sem trabalho árduo, acabam desiludidos.

Por outro lado, se à uma centena de anos alguém dissesse que o homem iria à lua ninguém acreditava. Se dissessem quem seria possível enviar uma mensagem para o outro lado do mundo em apenas alguns segundos, diriam que isso só seria possível em sonhos. Mas com alguma vontade, sacrifício e perseverança, todos esses sonhos considerados impossíveis são agora uma realidade incontestável.

Thomas Edison disse uma vez que o génio é 1% inspiração e 99% transpiração. De facto Edison sabia do que estava a falar. Para alguém alcançar os seus sonhos mais extravagantes necessita de muito trabalho árduo, muita disciplina e hábitos saudáveis que permitam dar pequenos passos em direcção às metas delineadas.

Pergunte a qualquer “personal trainer” que ele lhe dirá que para melhorar fisicamente terá de sair da sua zona de conforto e trabalhar diariamente em prol das suas metas. Lembre-se da frase “No pain, No gain” ou seja “Sem sacrifício não há ganho”.

Portanto amigo, sonhe! Mas não se deixe atrapalhar pelas suas falsas auto-limitações. Pense em grande mas trabalhe na mesma medida, porque o prazer da conquista é proporcional ao sofrimento necessário para a alcançar. Sonhe, lute de forma aguerrida com todas as armas disponíveis e nunca nunca nunca MAS NUNCA desista de tentar alcançar tudo aquilo que sempre sonhou.

Um grande abraço e muito sucesso.


Um cheiro!



MSN: martavictor@hotmail.com
Yahoo: martavicctor@yahoo.com.br
Blog: http://martaeunice.blogspot.com/
http://martavictor.multiply.com/
Orkut:
http://www.orkut.com.br/Profile.aspx?uid=103153373082848

O “impossível” é apenas uma palavra.


O “impossível” é apenas uma palavra.

Muitas vezes sonhamos em grande e temos muitas aspirações. Infelizmente os nossos sonhos não passam disso mesmo, de simples sonhos. E as nossas aspirações vão acumulando pó nos escombros das nossa memórias distantes.

Mas devido a um turbilhão de eventos, a nossa vida é sujeita a uma tremenda mudança de direcção. Em vez de experimentar aventuras emocionantes, é apanhado na monotonia da vida do dia-a-dia, deixando de viver e apenas existir ou sobreviver.

Mas sabe de uma coisa? A vida pode ser MUITO melhor, basta para isso, aprender a colocar a barreira bem mais elevada.

O problema mais comum em colocar objectivos na nossa vida é a utilização da palavra “impossível”. Grande maioria das pessoas sai do percurso quando começa a pensar “eu não vou conseguir fazer aquilo”. Ou “é muito difícil”. Ou ainda “é praticamente impossível”, “ninguém consegue fazer isso”.

No entanto, se todos pensassem assim não existiriam coisas novas, ninguém iria conseguir inventar nada de novo, a humanidade não teria presenciado a tremenda evolução que se tem vindo a verificar.

Lembre-se que quando os cientistas estudaram a abelha concluíram que seria teoricamente impossível a humilde abelha voar. Mas felizmente para a humilde abelha nunca ninguém lhe disse que seria impossível voar. Então ela voa.

No sentido inverso, algumas pessoas sofrem por sonhar numa vida incrível mas sem passar à acção. Resultado? Desilusão e aspirações desfeitas.

Se você se limitar com duvidas sobre as suas reais capacidades e com hipóteses de auto-limitação, você nunca vai ser capaz de se superar, e alcançar aquilo que acha ser impossível.

Experimente o seguinte exercício: Escreva num pedaço de papel alguns dos objectivos que pretende alcançar na sua vida. Numa coluna coloque as coisas que “sabe que consegue alcançar”. Na coluna ao lado escreva as coisas que “julga ter 50% de hipóteses de alcançar”. E por fim na terceira coluna escreva aquilo que julga ser “impossível de alcançar”.

Agora olhe para os cabeçalhos e esforce-se todos os dias para realizar os objectivos que você “sabe que consegue alcançar”, à medida que vai realizando os objectivos risque-os da sua lista. Quando terminar a coluna das coisas que você “sabe que pode alcançar”, passe para a coluna que “julga ter 50% de hipóteses de alcançar”, nesta coluna à medida que vai concretizando estes objectivos risque os que concretizou e coloque um dos que estejam na coluna “impossível de alcançar” a substituir os que realizou.

À medida que vai avançando neste processo, vai descobrir que as metas que achava que eram impossíveis de realizar se vão tornando mais fáceis de concretizar. E o impossível vai começar lentamente a parecer possível.

Esta técnica não limita a sua imaginação. Obriga-o a colocar em papel alguns objectivos bem elevados e faz com que trabalhe pouco a pouco na concretização das suas metas.

Aqueles que apenas sonham em alcançar as suas metas, sem trabalho árduo, acabam desiludidos.

Por outro lado, se à uma centena de anos alguém dissesse que o homem iria à lua ninguém acreditava. Se dissessem quem seria possível enviar uma mensagem para o outro lado do mundo em apenas alguns segundos, diriam que isso só seria possível em sonhos. Mas com alguma vontade, sacrifício e perseverança, todos esses sonhos considerados impossíveis são agora uma realidade incontestável.

Thomas Edison disse uma vez que o génio é 1% inspiração e 99% transpiração. De facto Edison sabia do que estava a falar. Para alguém alcançar os seus sonhos mais extravagantes necessita de muito trabalho árduo, muita disciplina e hábitos saudáveis que permitam dar pequenos passos em direcção às metas delineadas.

Pergunte a qualquer “personal trainer” que ele lhe dirá que para melhorar fisicamente terá de sair da sua zona de conforto e trabalhar diariamente em prol das suas metas. Lembre-se da frase “No pain, No gain” ou seja “Sem sacrifício não há ganho”.

Portanto amigo, sonhe! Mas não se deixe atrapalhar pelas suas falsas auto-limitações. Pense em grande mas trabalhe na mesma medida, porque o prazer da conquista é proporcional ao sofrimento necessário para a alcançar. Sonhe, lute de forma aguerrida com todas as armas disponíveis e nunca nunca nunca MAS NUNCA desista de tentar alcançar tudo aquilo que sempre sonhou.

Um grande abraço e muito sucesso.


Um cheiro!


Orkut:
http://www.orkut.com.br/Profile.aspx?uid=103153373082848

Blá..blá blá

Nossa só parei para amoçar!!!
Estou há horas atualizando tudo!!
Ufa!
Derradeiro post! kkkk

Oi Gente como foi o carnaval ?!
Bem pra falar a verdade nunca curti muito carnaval!!!
Sempre fico em casa gosto ...adoro !!!
Além do mais tive uma maravilhosa folga no trabalho(sab/dom/seg/terça),
Saldo do feriadão:

O final de semana foi muito muito tranquilo!!!
Todos em casa viajram minha irmã e netinho trabalharam todo o período de carnaval.
Arrumei muita coisa, estou me preparando para as férias!!!
Dediquei-me ao projeto: Mudança de percurso!!!
Li , assisti filmes(A casa do Lado pela 5ª vez , Jogos Patrioticos, End Game, Cidades dos Anjos, Enquanto voce dormia e O segredo)
Calma não fiquei só nessa.
No início deste ano comentei sobre os excessos e somente agora neste carnaval conclui. Nossa foi doado muita coisa, como compro coisas que não uso, me desapeguei de muita coisa: Roupas, maquiagens, sandálias.
Ufa Meta 32 concluída!
Tirando o fato que myra está doente(o que me deixou preocupada).
Foram três dias muio calmos!!
Choveu todos os dias!!!!
Ontem foi água!!
Só não tomei banho de bica!!!! huahauhuahuahuh
Afê!
O dia todo choveu!
Hoje um solão digno de praia, Oh meu Deus daria tudo para ter comido uns 8 caranguejos a beira mar! Fica pra depois!!!


continua...

http://martaeunice.blogspot.com/




Concursos e Makes

Sorteio dia 01/12/2014













Rumo a 4.000 seguidores
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo